Natal no Brasil e na Itália

Natal no Brasil

Compartilhe este post

Tradução de Ivair Carlos Castelan

Natal no Brasil

 

Na verdade, é um pouco difícil contar como é o Natal no Brasil.

O país é muito grande, a população é composta por imigrantes de diversos países e são várias as formas de celebrar o nascimento do menino Jesus. Mas se eu tivesse que descrever a um amigo italiano como é o Natal no Brasil seria assim:

No dia 24 de dezembro, véspera de Natal, as famílias se reúnem e passam esta festa em meio a tanta comida, bebidas e presentes.

Normalmente, se prepara um jantar especial, mas os pratos típicos que são servidos não são adequados ao clima que se faz nesta época. Vale lembrar que no Brasil é verão e faz muito calor. 

Outra coisa que não é por nada adequada ao calor brasileiro são as roupas do Papai Noel.

Mesmo estando no Brasil, ele se veste como no hemisfério norte, com aquela roupa de veludo vermelho, com cinto e botas pretas, gorro e luvas.

As crianças esperam ansiosamente a chegada do Papai Noel e em algumas famílias se diz que ele vai trazer os presentes somente quando as crianças estiverem dormindo.

De qualquer forma, a partir de novembro as pessoas podem encontrá-lo em todos os shopping centers e grandes lojas.

As crianças fazem filas para tirar uma foto e entregar a cartinha ao Papai Noel.

Normalmente, as pessoas vão à igreja à tarde ou na manhã seguinte para comemorar o nascimento de Jesus. Pouquíssimas igrejas brasileiras celebram a missa à meia-noite. 

E o que se come no dia 24? Sempre tem peru, bacalhau, vinho, panetone, a rabanada e castanhas. 

No dia 25 de dezembro, as famílias se reencontram para o almoço de Natal. Se come o que sobrou da noite anterior ou algo preparado especificamente para este dia. 

Os presentes são trocados no dia 24 ou no dia 25, depende da família, mas eles sempre ficam embaixo da árvore de Natal.

As famílias brasileiras enfeitam suas casas com uma árvore de Natal, bolinhas coloridas, estrelas e presépio.

Algumas famílias decoram a casa no dia 8 de dezembro, outras fazem isso já no início de novembro. Ah, muitas casas e varandas são enfeitadas com as luzes de Natal.  

Há uma tradição que já faz parte do Natal no Brasil: o show do Roberto Carlos pela TV. Há mais de 40 anos que a TV transmite o seu show que já se tornou parte das famílias brasileiras.

 

O Natal na Itália

 

Frio, comida, Papai Noel, família e missa para os católicos. Essas seriam as palavras que definem melhor o Natal na Itália.

Durante o Natal quase todas as ruas se enchem de luzes e o seu efeito brilhante com o frio nos dá uma atmosfera única, possível de ser apreciada tão bem somente durante o mês de dezembro. 

É muito legal ver como as ruas são decoradas com as lâmpadas em forma de estrelas, árvores, flocos de neve, e várias formas do Papai Noel.

Praticamente, em cada rua se coloca enfeites nas partes altas, nas paredes, nas varandas, entre uma casa e outra; desse modo, quando se olha para cima e ao redor, se vê apenas luzes de diversas formas.

As vitrines das lojas também são preparadas com motivos natalícios, alguns com as típicas cores vermelhas, branco e verde ou com estampas de xadrez; outras com tons mais “alternativos” ou com cores da moda.

As famílias italianas também trocam a decoração de suas casas, colocam a árvore de Natal, enfeites natalinos e trocam também as almofadas, os guardanapos e até os lençóis.

Sim, porque neste período faz muito frio e por isso usamos edredons nas camas, cobertores pesados nos sofás e tecidos de lã para nos mantermos aquecidos.

Mas se falamos do grande dia, o Natal, este pode ser dividido em dois grandes eventos: o primeiro é o jantar e a missa da véspera de Natal, dia 24 de dezembro.

Este jantar costuma ser leve porque você tem que deixar espaço no estômago para o mais importante: o verdadeiro jantar – ou o almoço no Norte – do Natal.

Assim, no dia 24, após a refeição, os católicos vão à missa da véspera de Natal, que normalmente é feita à meia-noite para celebrar o nascimento do menino Jesus. Nos últimos anos, essa missa também foi celebrada durante o dia de 24 de dezembro.

Depois, chega o segundo momento importante do Natal – o dia 25 de dezembro, quando não se faz mais nada além de comer fartamente em família. E o que se come? Os pratos, dependem muito da região italiana.

Aqui vocês podem encontrar os diferentes pratos típicos natalícios do Norte, Centro e Sul da Itália. Mas em termos gerais, na véspera de Natal se deve comer carnes brancas, peixes e sopas, enfim, coisas mais leves; enquanto no dia 25 comemos pratos mais elaborados.

Em todo caso, o elemento que não pode faltar é sempre o panetone, comido em toda a Itália.

Em tudo isso, algumas famílias trazem o Papai Noel, que, segundo a tradição, dá presentes para as crianças boas e carvão para as ruins. Curiosidade: o fato de dar carvão é verdade!

Algumas crianças podem receber carvão, que nos tempos modernos é um pedaço de açúcar de cor preta ou um doce em forma de carvão.

Algumas famílias decidem que seus filhos abram os presentes após a véspera de Natal, no dia 24 de dezembro, ou no dia 25, no início da manhã, quando acordam.

Aqui Papai Noel é sempre aquele que vemos um pouco em toda parte, só que na Itália sua longa barba e suas roupas quentes fazem mais sentido porque o pobre velhinho barrigudo tem que se proteger do frio.

A magia do Natal é única também na Itália. Quando se tem sorte, se pode até ver a neve durante estes dias, assim, para quem não está acostumado, parece fazer parte de um dos filmes típicos em que as pessoas olham pela janela como os flocos de neve caem, enquanto bebem uma xícara de chocolate quente.

 

Leia também o artigo em italiano: Natale brasiliano e italiano

Faça o exercício desse artigo: Esercizi

Veja também:

Storia di Aline Aquino Gargiulo

“Ho un debito con l’Italia”   Con queste parole inizia la storia di Aline Aquino Gargiulo. Aline è una donna sempre sorridente, molto educata e

Leia mais

Roma

ROMA Para quem ainda não conhece Roma, descobrirá que é impossível caminhar de um ponto a outro sem explorá-la  Texto elaborado a partir da live

Leia mais

Itália da Giulia · 2023 © Todos os direitos reservados