Organização Do Estudo – Parte 1

Organização Do Estudo

Compartilhe este post

Texto de Carla Bottino

Revisão de Consuelo Peruzzo

 

O texto “Organização do estudo” foi produzido com base nas duas lives realizadas no dia 23 de maio de 2020 com este tema, e será dividido em duas partes: aqui vai a parte um.

Antes de organizar o estudo cada um de vocês precisa responder algumas questões importantes:

  1. Por que eu estudo italiano?
  2. Qual é o meu objetivo com o estudo dessa língua? 

Motivações

As motivações para a organização do estudo são as mais variadas e elas são individuais. Por exemplo: “estudo italiano porque é a língua da minha família”, “porque saber outro idioma pode abrir portas”, “quero conseguir me virar sozinho quando for viajar de férias para a Itália”, “quero conseguir conversar com os meus parentes italianos”, “sou cidadão italiano e como respeito ao país que me reconheceu quero saber a língua e a cultura”, “vou para a Itália fazer o reconhecimento da minha cidadania e como vou ficar lá por 3 meses quero saber falar a língua”, “quero obter boas oportunidades, morar na Itália, estudar e trabalhar lá”. Enfim, vocês entenderam que existem várias motivações diferentes; cada um precisa encontrar a sua.

Uma curiosidade: quem vai fazer o reconhecimento da cidadania precisa falar italiano?

Não. É possível contratar uma assessoria que faz tudo por você, mas algumas pessoas relatam que o fato de não conseguir se comunicar na prefeitura ou no consulado foi bastante desconfortável.

Vocês podem imaginar passar 3 meses na Itália para reconhecer a cidadania de vocês e não conseguirem se comunicar, precisar sempre de alguém para resolver as  questões de vocês.

Aprender italiano dá LIBERDADE para vocês se virarem sozinhos em uma viagem; é um sinal de RESPEITO ao país que reconheceu vocês como cidadãos e proporciona uma nova IDENTIDADE e sentimento de PERTENCIMENTO a uma cultura.

Depois de conhecer as motivações para estudar o italiano, é preciso saber qual nível vocês querem atingir para organização do estudo neste sentido.

Se vocês querem saber italiano só para viajar, terem os níveis A1 e A2 já é suficiente. Se vocês querem mudar para a Itália, é preciso ter o B1; para trabalhar em uma loja ou restaurante talvez seja necessário ter o nível entre B1 e B2. Se vocês quiserem ter um cargo mais importante, com mais responsabilidade vai ser exigido o  nível C.

Percurso a ser traçado para organização do estudo

Depois que vocês têm os seus objetivos definidos e reconheceram qual nível vocês querem atingir, precisam avaliar o percurso a fazer. Quanto vocês já sabem? Em que nível estão? Onde querem chegar?

Por exemplo, se o estudante ainda não sabe nada de italiano e quer concluir o nível B1, é necessário calcular quantas horas de aulas ele vai precisar, quantas horas de estudo, qual é a sua disponibilidade de tempo, quanto tempo ele pode estudar por semana.

Calculando o percurso

Essa parte é de extrema importância para que o estudante tenha uma ideia real do tempo necessário para alcançar o seu objetivo. 

Sugiro que vocês peguem um calendário e distribuam os dias de estudo. As seguintes perguntas vão ajudar a planejar o tempo: 

  • Quais são os meses em que vocês trabalham mais e não vão conseguir estudar? 
  • Quais são os meses em que vocês estão de férias e talvez tenham mais tempo para estudar (se não for viajar)? Sejam realistas! 

Cada um de nós tem disponibilidades diferentes portanto não se preocupem se alguns colegas  farão o mesmo percurso que vocês na metade do tempo. Tudo é subjetivo!

Quando vocês planejam, vocês percebem do tempo que precisam para alcançar o nível desejado. Se é muito tempo, vocês podem aumentar o número de horas, priorizar o estudo, acordar mais cedo. Tudo depende dos objetivos de vocês.

Para entender a classificação de níveis 

Essa classificação de níveis segue o Quadro Europeu de Referência:

Nível Horas de aula para concluir cada nível
A1 30 horas aula
A2 45 horas aula
B1 60 horas aula
B2 90 horas aula
C1 120 horas aula
C2 de 150 a 200 horas aula

O número de horas descrito no quadro é o número de horas de aula, mas estima-se que para cada hora de aula seja necessário de 1 a 5 horas de estudo individual. Ou seja, pode ser necessário rever um filme 5 vezes ou ler o mesmo texto 3 vezes para entender o seu conteúdo.

Alguns assuntos vão exigir mais tempo do que outros e, isso, vai variar muito de aluno para aluno.

Avaliação dos alunos

Como a gente avalia o nível do aluno?   

Ao estudar um idioma o aluno adquire um conjunto de habilidades: ouvir, ler, escrever, falar e se relacionar com os nativos. Imaginem uma tabela (que reproduzimos aqui abaixo), em que as linhas são os níveis de conhecimento e as colunas são compreensão oral (CO), compreensão escrita (CE), produção escrita (PE), produção oral (PO) e interação cultural/ interculturalidade (IC).

 

CO CE PE PO IC
A1
A2
B1
B2
C1
C2

O interessante é que antes de passar para o nível A2 o aluno tenha preenchido todas as caixinhas do nível.

Quando as pessoas estudam sem um método, elas podem desenvolver um excelente nível de compreensão, mas não desenvolver uma boa produção escrita. Neste caso, o aluno pode ter várias lacunas e o professor terá que incentivar muito mais a produção do que a compreensão.  

Uma pergunta que os alunos fazem com frequência é: mas onde está a gramática nesse quadro?  Em todas as caixinhas. 

Por exemplo, quando o professor ensina aos alunos a frase “Buongiorno a tutti” e na produção oral alguém grava um vídeo dizendo “Buongiorno a tutte”  o professor explica que “tutti” é masculino plural, “tutte” é feminino plural. Isso é gramática.

Resumo:

Antes de organizar o tempo de estudo da língua, é preciso:

  1. Entender quais seriam as oportunidades e sonhos que vocês têm e querem realizar sabendo a língua. Algumas perguntas que podem ajudar são: estou satisfeito/a com o meu trabalho? Sinto-me bem na minha cidade? Gosto do meu percurso universitário? Penso em mudar de cidade, de país ou de emprego? Quero aprender italiano só para poder viajar e conversar com os meus parentes, sem passar vergonha?
  2. Qual é o nível de italiano que vocês possuem? Quais níveis querem atingir?
  3. Quanto tempo vocês têm para estudar? Com base no caminho que vocês precisam traçar e os objetivos que querem atingir, vão calcular o tempo necessário para chegar onde vocês desejam.

 

 

Leia também o artigo em italiano: Organizzazione Dello Studio – Parte 1

Faça o exercício desse artigo: Esercizi

Veja também:

Storia di Aline Aquino Gargiulo

“Ho un debito con l’Italia”   Con queste parole inizia la storia di Aline Aquino Gargiulo. Aline è una donna sempre sorridente, molto educata e

Leia mais

Roma

ROMA Para quem ainda não conhece Roma, descobrirá que é impossível caminhar de um ponto a outro sem explorá-la  Texto elaborado a partir da live

Leia mais

Itália da Giulia · 2023 © Todos os direitos reservados